Pegadas

Pois é: quando a gente para de andar na incessante rotina e resolve olhar um pouco para trás. Um repleto de acontecimentos na vida, personagens que fizeram diferença na nossa história e diferentes tamanhos das nossas próprias pegadas. São as coisas que deixamos no passado.


Sugestão de música!

É engraçado, de certo modo, pensar que esse blog existe desde 2010. Em seis anos aconteceram tanta coisa que sinto pelo menos um pouco de orgulho ao ver que pude manter algo por tanto tempo assim, por mais que postasse pouco: tentativas de desenhos, contos, músicas, registro de pensamentos... Essa "Aventura" não foi nem um pouco em vão. É um grande feito (pelo menos pra mim, certo?).

O blog nasceu na época que eu gostava de achar que sabia desenhar e escrever rimas, mais tarde percebi a minha natureza pessimista e mais recentemente me sinto da mesma forma, mas dessa vez com mais luz. Pra variar, não houve alguma evolução significativa em nenhuma área desenvolvida no blog, continuo péssimo nas coisas e sinto que perdi um pouco de mim neste meio tempo.

A rotina, que se baseia em diferentes responsabilidades, traz um sentimento tanto de realização a curto prazo, quanto estar preso a uma realidade necessária para completar alguma meta; ou, se nos descuidarmos, acaba se tornando em algo sem significado e vivemos sem algum rumo, apenas na corrente traiçoeira da vida.

As inspirações mudam, pensamentos se reciclam, ideias vêm e vão. Continuo na convicção de manter a essência.

Não dá para dizer qual rumo o blog vai tomar, mas pretendo fazer o que foi proposto: reunir o meu esporádico conteúdo. Conteúdos considerados ultrapassados ou relevantes foram removidos, que permaneçam nas lembranças dos velhos amigos!

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Hey! Se quiser, comenta aí!