Memórias (思い出) - Gravado




Finalmente alguma gravação minha!
Apesar de não ter os mesmos instrumentos da música original, consegui manter um pouco da essência do Memórias. Não sei se gravá-lo foi mais fácil do que organizar as faixas, pois ambos deram muito trabalho. Gravei usando a câmera da webcam do meu notebook, então a qualidade realmente ficou bem péssima. Um dia terei uma câmera de qualidade e postarei coisas boas.

O violão, Di Giorgio 1986 todo-quebrado, foi gravado pelo microfone mesmo, por não haver captação naquela "época". (Sim, estou postando no blog muito tempo depois) O mais difícil mesmo foi executar a música no violão, por carregar a melodia toda. Usando o Audacity e a própria ferramenta de Redução de Ruídos do Camtasia, consegui diminuir bem o estrago que a má qualidade me oferece, mas continua ruim. No meu próximo vídeo, estive testando a captação, você pode dar uma conferida clicando AQUI.

Já o "baixolão", consegui ele meio que emprestado na Ong onde faço aula de (atualmente) violoncello. O diálogo foi mais ou menos assim: "Que massa! Posso tocar? Obrigado!" e resolvi fazer a parte do baixo usando ele na própria ong. Nunca havia tocado em um, e é uma sensação estranha, porém tocar num baixo elétrico é pior. O bom é que tinha uma saída então a qualidade do áudio foi realmente acima do normal. Só mais tarde fui descobrir que tinha aumentado a potência e por isso o som saiu demasiado distorcido/pesado.

A guitarra, minha mesmo, uma Eagle STS 001, usei para fazer um acompanhamento que na original deveria ter um som "parecido" com harpa. Como deu pra ver, o resultado não ficou bem como desejado, porém igualmente interessante. Usei a peladeira virtual Guitar Rig, nuns presets malucos psicodélicos com delay e até que deu pra fazer algo. Foi o instrumento mais tranquilo de gravar.

A bateria, ou melhor, teclado, foi o mais fácil de gravar e o mais difícil de encaixar na música. Gravar foi fácil pois era somente gravar aqueles pequenos trechos! Tive que colocar um por um na faixa, e sempre tinha que sincronizar, pois algumas repetições eram de 0,7s e outras de 0,5s e outras de 0,6s, então foi realmente um trabalho braçal enorme. No final ficou assim, gostaria de ter inserido mais sons diferentes de bateria.

Se ainda não ouviu a original (MIDI), venha ouvir!

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Hey! Se quiser, comenta aí!